top of page

Psitacídios, eles devem ou podem consumir sementes?


Pés articuláveis e um bico forte adaptado para a quebra de sementes são as duas principais características dos Psitacídeos.


Mas será que eles devem ou podem consumir sementes?


Esse assunto já é discutido a alguns anos na comunidade científica, porém ainda é comum na clínica, aves com doenças nutricionais relacionadas ao manejo nutricional inadequado como sobrepeso, doenças osteometabólicas e hepáticas.


É comum pensar que uma dieta composta somente por sementes é suficiente para nutrir os psitacídeos cativos, afinal na natureza eles comem isso, certo?


Errado, embora as sementes sejam muito palatáveis e os animais aceitem muito bem, na Natureza calopsitas, papagaios, periquitos e araras se alimentam de uma grande variedade de plantas, néctar e até mesmo insetos, garantindo uma dieta variada e nutricionalmente balanceada.


Em cativeiro não conseguimos ofertar essa grande quantidade de alimentos e, até mesmo aquelas misturas de sementes que encontramos no mercado é nutricionalmente inadequada.


Devemos saber e sempre lembrar que as sementes geralmente são muito gordurosas e pobres em minerais e vitaminas, ou seja, é a bolacha recheada dos psitacídeos e, por isso não recomendamos sua ingestão de forma ad libitum.