top of page
Image by Zdeněk Macháček
12Resultado.webp

BÔNUS EXCLUSIVOS + CERTIFICADO 40 HORAS
+ 60% de desconto

✔ Certificado

✔ 40 horas de conteúdo objetivo do básico ao avançado

✔ Tire suas dúvidas teóricas e práticas diretamente com os professores

✔ Participe de grupos e comunidades exclusivas

✔ Aumente seu network para aumentar suas oportunidades

✔ Casos reais - práticos

✔ Aulas gravadas para assistir quando quiser por 1 ano 

✔ Aulas práticas on-line na formulação de dietas utilizando software  específico de animais selvagens. 

✔ E-book com + de 200 locais e dicas para estagiar e trabalhar com animais selvagens e meio ambiente

Curso Manejo alimentar e nutricional de animais selvagens!

2Resultado.webp

Acabe com todos os medos e incertezas no manejo nutricional e alimentar de animais selvagens!

Replay do Evento de Nutrição - 05/10/24

O que você vai aprender no Curso:

10 módulos pensados para ir do básico ao avançado no manejo alimentar e nutricional de animais selvagens.

Módulo I​
Fundamentos e introdução ao manejo nutricional de animais selvagens

1. Por que trabalhar com nutrição de selvagens?

 
a. Onde posso trabalhar com nutrição de animais selvagens?
b. O mercado é promissor?
c. Quais oportunidades terei na área de nutrição de selvagens?
d. É rentável?

1Resultado_edited.png

2. Apresentação da nutrição animal na prática:


a.Casos práticos
b.Animais mais comuns encontrados no Brasil
c. Importância para pesquisas, conservação e bem-estar animal. 
d. Nutrição in-situ e ex-situ

3.A Importância de conhecer a classificação taxonômica e diferenças morfológicas/fisiológicas para adequar o manejo alimentar. 

 

4. Diferentes fases de vida (estado fisiológico) e a nutrição adequada. ​

5. Nutrientes

a. A importância da Água na nutrição

b. Energia - classificação energética, cálculo de necessidade energética e fontes de energia 

c. Proteína - conceitos e principais funções

d. Fibra - classificação e importância na nutrição

e. Gordura - conceitos e principais funções (os famosos ômegas 3 e 6) 

f. Vitaminas - funções, carências e interações (onde encontrá-las)

g. Minerais -  classificação, funções, carências e interações 

2Resultado.webp

Módulo II​​
Exigências nutricionais dos animais selvagens e Suplementação

6. Como encontrar as exigências nutricionais de animais selvagens (passo a passo)


a. Bibliografia existente para consulta
b. Parâmetros existentes para outras espécies 
c. Cuidados com a extrapolação dos dados 

12. ​Cuidados especiais no período de lactação Influência do ambiente na exigência nutricional

 

13. Padrões de escore corporal 

14. Consideração sobre dietas para redução de peso 

7. O conceito de taxa metabólica basal

8. Entendendo o rótulo de um produto 

 

9. Suplementação de nutrientes, quando e como realizar

 

10. Calculando o consumo diário

 

11. Como realizar a adequação de cálculos para animais em crescimento 

Módulo III
Alimentos e alimentação dos animais selvagens

15. Classificação dos alimentos (alimentos proteicos, energéticos etc)

 

16. Onde encontrar tabelas de composição de alimentos e como analisar? 

 

17. Alimentos funcionais - o que são e para que servem? 

 

18. Devo usar o mesmo alimento que o animal encontra na natureza? 

 

19. Devo fornecer alimentos vivos para determinados animais? 

 

20. Como adaptar alimentos disponíveis de minha região? 

 

21. Qual a importância do manejo alimentar adequado 

 

22. Como os alimentos devem ser fornecidos (tipos de corte) 
 

23. Ração comercial, devo ou não usar? 

 

24. O que é mais importante: saciar ou nutrir? 

 

25. Como realizar a alimentação de animais selvagens que vivem em grupos.

26. Várias espécies em um mesmo ambiente, como conciliar a nutrição e o manejo?

3Resultado.webp

27. O controle de sobras de alimentos é importante?​

28. O que os animais procuram: alimento ou nutriente? 

 

29. Dieta ad libitum (à vontade) e controla - vantagens e desvantagens 

 

30. Manejo alimentar de animais noturnos
 
31. O jejum é importante para algumas espécies? 

 

32. Como determinar a frequência que uma dieta deve ser fornecida

 

33. A dieta precisa ser prática. Isso é possível?
 
34. A importância do cuidador de animais 

4Resultado.webp

Módulo IV​
Bem estar, enriquecimento ambiental e a nutrição de animais selvagens.

35. O conceito de bem-estar ideal 

 

36. Entendendo sobre o comportamento dos animais 

37. Técnicas conhecidas de enriquecimento ambiental

38. Como os animais “enxergam” o alimento? 

 

39. Relação entre ambiente, nutrição e bem-estar animal 

 

40. Quais as formas de enriquecer o ambiente utilizando o manejo alimentar

 

41. Como proporcionar o bem-estar aos animais por meio do manejo alimentar 

42. A utilização de etogramas como ferramenta de avaliação do manejo 
 

43. A interação com a equipe - a importância do trabalho conjunto


44. Criando protocolos 

Módulo V​​
Primeiros socorros nutricionais de animais selvagens

45. Animais doentes - a primeira avaliação 

 

46. Qual procedimento nutricional adotar para animais debilitados

 

47. Alimentos e complementos nutricionais disponíveis para situações de urgência e emergência 

 

48. Procedimentos e métodos para adaptação de animais recém chegados. 

49. Técnicas práticas para fornecer alimentos a animais que se recusam a ingerir alimentos. 

5Resultado.webp
6Resultado.webp

Módulo VI
Passo a passo para cálculos de dietas de animais selvagens.

50. A importância do planejamento 

51. Quais softwares mais utilizados para nutrição de selvagens 

52. Passo a passo de como calcular dietas utilizando o software SuperCrac (Tdsoftware)

 

a. Cadastro de alimentos 

b. Cadastro de animais 

c. Cadastro de exigências nutricionais 

d. Formulação a mínimo custo ou máximo aproveitamento 

e. Finalização do cálculo para elaboração da dieta​

f. Como analisar uma dieta pelo SUPERCRAC 

53.Planilhas em Excel são úteis? Alguns exemplos práticos. 

54. Passo a passo de como calcular dietas utilizando o software Zootrition 

a. Navegando pelas funções do software Zootrition
b. Cadastro de alimento

c. Formulando a dieta
d. Analisando dietas com o Zootrition

Módulo VII
As Dietas mais usadas para animais selvagens (exemplos práticos)

55. Mamíferos 
1.1. Primatas 
1.2. Canídeos 
1.3. Felinos 
1.4. Marsupiais 
1.5. Xenarthras (tatus, preguiças e tamanduás)
1.6. Herbívoros ruminantes 
1.7. Herbívoros não ruminantes 
1.8. Marsupiais
1.9. Roedores 
1.10. Outros 

56. Aves 
2.1. Psittaciformes (araras, papagaios e periquitos) 
2.2. Passeriformes 
2.3. Ratitas (avestruz, emus, emas e casuar) 
2.4. Rapinantes 
2.5. Galliformes 
2.6. Aves piscívoras
2.7. Ramphastídeos (tucanos e araçaris)
2.8.  Aves filtradoras (flamingos) 
2.9. Outras 

7Resultado.webp

57. Répteis 
3.1. Serpentes 
3.2. Quelônios terrestres 
3.3. Quelônios aquáticos 
3.3. Lagartos (iguanas e teiu) 
3.4. Jacarés 
3.5. Outros

58. Anfíbios 

59.Artrópodes 

8Resultado.webp

Módulo VIII
Administração de estoque, cozinha e funcionários

60. Fluxo de entrada e saída de alimentos

61. Como controlar o estoque de alimentos

 

62. Armazenamento de produtos (rações, alimentos perecíveis e não perecíveis) 

 

63. Elaboração de pedidos em Órgãos Públicos (Projetos de aquisição) 

64. Como reduzir custo sem perder a qualidade
 
65. Orientações básicas para os funcionários que trabalham com o manejo alimentar 

66. Os cuidados gerais na preparação das dietas

67. A importância da pesagem dos alimentos e das dietas 

68. Exemplos de planilhas de dietas

 

69. Limpeza e desinfecção de itens alimentares 

 

70. Congelamento de produtos de origem animal 

 

71.Manejo de biotério

Módulo IX
​Como me virar sozinho com o manejo alimentar de animais selvagens

72. Como os conceitos básicos podem me ajudar? 

 

73. Onde achar informações específicas sobre a nutrição de animais selvagens? 

 

74. Existem grupos de apoio e compartilhamento de informações? 

 

75. Sou recém formado e agora? Tem salvação? 

 

76.A atuação do médico veterinário, zootecnista e biólogo na nutrição animal

 

77. O mundo da consultoria em nutrição

 

78. Atendimento nutricional em clínicas veterinárias 

 

79. A diferença entre Zoológicos, Centros de Triagem, Criadores e Mantenedores de Fauna - principais exigências 

9Resultado.webp
10Resultado.webp

Módulo X
Aprendeu? Vamos Praticar! 

80. O passo a passo da elaboração da dieta de uma onça-pintada 

 

81. O passo a passo da elaboração da dieta de uma anta 

 

82.O passo a passo da elaboração da dieta de um macaco prego 

 

83.O passo a passo da elaboração da dieta de um papagaio 

 

84. O passo a passo da elaboração da dieta de um jabuti 

85 . Casos especiais com filhotes

Professores com mais de 25 anos de experiência que irão compartilhar conhecimento e principalmente lhe ajudar e tirar sua insegurança na hora de agir, além de esclarecer todas suas dúvidas!

anraquelResultado_edited.png

Prof. Ana Raquel G. Faria

Formação:

Mestre em Nutrição Animal - UFRRJ e Zootecnista formada pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e doutoranda em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). 

Experiência:

Atuando há mais de 25 anos na área de meio ambiente, manejo ex situ e in situ para a conservação da fauna selvagem, a profissional iniciou a carreira na Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro (Fundação RioZoo), passando pelo Governo Federal (IBAMA) – Centro de Triagem de Animais Silvestres - CETAS RJ e, posteriormente, IBAMA sede – Brasília. Foi professora e coordenadora de pós graduação nas Faculdades UPIS e Faculdades da Terra de Brasília – FTB) e exerceu consultoria em Empresa Pública (Itaipu Binacional) e em Empresa Privada (Carioca Engenharia). Mais recentemente, assumiu o cargo de Superintendente de Conservação e Pesquisa na Fundação Zoológico de Brasília (Governo do Distrito Federal), onde permaneceu até o final de 2019. No momento, atua no âmbito da sociedade civil como Diretora de Conservação da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil, como pesquisadora associada do Projeto Tamanduá e instrutora do curso Fauna em Foco desde 2005.

6Resultado.webp

Prof. Dalton Araujo Antunes

Formação:


Zootecnista, formado na Universidade Federal de Lavras - UFLA, Mestrado na Universidade de Brasília – UnB em Ciências Agrárias - Nutrição Animal, Bacharel em Direito - UPIS, Pós-graduado em Direito na Universidade Estácio de Sá, Course in English Common Law: Structure and Principles - The University of London International Programes.

Curso Direito Ambiental e Projetos - PROMINAS.

Experiência:


Servidor Público Federal - Analista da Administração Pública Federal - Professor das Disciplinas de Animais Silvestres e Comportamento Animal - UPIS, de Direito Ambiental, Administrativo, Constitucional e Consumidor - UPIS. Coordenação Geral de Meio Ambiente do INCRA/SEDE em Brasília. Advogado. Professor da disciplina Direito Ambiental, Administrativo, Constitucional e Consumidor - Curso de Direito da Faculdade UPIS. Professor da disciplina Política e Legislação Ambiental do curso de Pós-graduação da Faculdade da Terra em Brasília. Professor do Curso Preparatório para Concursos do IBAMA - Instituto Processus. Coordenador da Câmara Técnica de Animais Silvestres do Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia do Distrito Federal. Consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – IBAMA/Sede na Divisão de Fiscalização de Fauna da Diretoria de Proteção Ambiental; Instrutor do Curso de Formação de Fiscais do IBAMA; Instrutor do Curso de formação de Analistas Ambientais do IBAMA. Chefe do Núcleo de Licenciamento de Obras Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal. Fundador dos cursos Fauna em foco.

Cópia de Sem nome (1)Resultado.webp

Valor do investimento

Certificado 40 horas + 10 MÓDULOS +

TODOS OS BÔNUS + Desconto de 60%

Disponível por poucos dias!

De 897,00 

por

Apenas

12 X  R$ 34,70

ou à vista R$ 347,00

Design sem nome (1)Resultado.webp
2Resultado.webp

Depoimentos de alunos da Fauna em foco !