top of page

Posso dar abacate para o papagaio?

Atualizado: 14 de fev. de 2022




O abacate é um fruto com características nutricionais maravilhosas. Rico em fibras, minerais como o potássio, gordura monoinsaturada, vitaminas do complexo B e outros.


No entanto, por que há uma recomendação de vários profissionais em não oferecer abacate para os papagaios?


A resposta está em um agente tóxico chamado persina. Embora não existam tantos estudos que comprovem a toxicidade nessas aves, essa toxicidade já foi estudada de forma natural e experimental em canários, calopsitas e periquitos (Burger et al., 1994), com duas variedades de abacate. Dorrestein, G. & Reavill, D.R. (2018) relatam, também, lesões compatíveis com toxicidade em papagaios do congo.


Bom, há sempre quem diga que avistou papagaios em um pé de abacate ou que oferece abacate para o animal e nunca teve um problema. Há quem diga que o problema é maior para algumas variedades de abacate, como o avocado, aquele menor e com a casca mais escura, e incluir a polpa na dieta, não seria um problema.


Precisamos considerar vários fatores aqui: o indivíduo, o peso do animal, a quantidade, a frequência, a forma como é oferecido, a variedade de abacate que está sendo fornecida e muitos outros. Além disso, outro fator muito importante é o teor de gordura.


Vamos comparar? Enquanto a cenoura e o brócolis possuem valores de energia em torno de 350kcal/100g, a polpa do abacate possui mais de 500Kcal/100g, um valor relativamente próximo à semente de girassol.


Temos hoje uma variedade segura de legumes, verduras, frutas, além de rações especializadas que dispensam o risco de oferecer um alimento que pode ser tranquilamente substituído na dieta. Então, para que arriscar? A regra é simples, se há dúvida ou faltam estudos específicos a respeito de um determinado assunto, não use!


Substitua por outros ingredientes.


bottom of page